Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \28\UTC 2010

O Falso Amargurado

Sentiram minha falta:
Fiquei ressentido
Dessa amálgada de sentimentos
surgiram vários empecilhos

Um por um
foram pousando na cabeceira da minha cama
atormentaram-me
Senti só: dor, a brisa, à noite, levava-me embora.

Dormia.
Mas não obstante
tinha sonhos e pesadêlos.
Sentem minha falta, como quem perde um infante

Mas sentir falta não basta.
Sentem minha dor,
e, com pesar,
se derramam em prantos
assim como eu estou?

Vozes agoniadas,
litúrgicas.
Guardem para si suas cartas e amor e mentiras
Esperem! Eu já vou.

Anúncios

Read Full Post »

O siri

O SiriPor Gilson Vilela

Read Full Post »

Os principais pontos de minha palestra estão aqui. Boa Leitura, até mais!

Porque a Wikipédia?

Bom, eu escolhi esse tema, a Wikipédia, por ter sido um trabalho que eu realizei ano passado, para a disciplina de estética da comunicação, e, por ser minha grande paixão, a área das novas tecnologias. A hipótese que eu estou tentando levantar é que os meios de comunicação de massas exercem uma grande influência nas mídias digitais. Pode parecer bastante óbvio, mas é necessário estudar e procurar saber quais são essas influências e onde elas estão interagindo. A Wikipédia serve como um bom recorte. Para trabalharmos as ideias de conhecimento e senso comum, de inteligência coletiva e, claro, de verdades. O fato é que: a internet nos possibilitou pela primeira vez na história da humanidade, uma comunicação, sem fronteiras em tempo real. Parece besteira para nós, que praticamente crescemos em meio a essa tecnologia. Eu, por exemplo, tive meu primeiro contato com a internet em 2001, contava com 12 anos na época.

Se vocês forem observar, o boom da internet no Brasil começou por aí, no final da década de 90 e desde então não parou mais de crescer. Nós ainda não somos a geração digital, nem a geração dos internautas. Vivemos boa parte de nossa infância e adolescência da frente da televisão, ainda. Ainda se escutava bastante rádio, quando não existiam os mp3 players.

É toda essa mudança, de pouco tempo mesmo, menos de uma década, que precisamos estudar e compreender, para podermos aplicar melhor e saber o que tudo isso implica em nós, seres humanos, e no mundo em geral. A Wikipédia representa um recorte, não diria perfeito, mas com muitas características desse mundo que as pessoas chamam de web 2.0, mas eu chamo de 1.5, porque ainda não estamos preparados.

O que é a Wikipédia?

Acredito que todos aqui já visitaram ou fizeram alguma pesquisa na Wikipédia. A wikipedia faz parte do projeto wikimedia, que tambem conta com o wikicionary, que é um dicionário on-line também de livre contribuição, com o wikiquotes, que é um grande repositório de citações, etc.

Conhecimento ou senso comum?

Essa foi a pergunta que instigou toda a minha pesquisa. É importante aqui entendermos, pelo menos de forma primária, os conceitos de conhecimento e de senso comum. O conhecimento provém da pesquisa, da afirmação e negação, da dialética, do encontro dos fatos e reposição dos mesmos perante uma quantidade aceitável de questionamentos. O conhecimento não é uma exclamação, é uma interrogação. O senso comum, por sua vez, se caracteriza pelo pensamento da maioria, se caracteriza pelo consenso, pela aceitação de certas partes em detrimento de outras. Não podemos confundir, nesse ponto, senso comum com conhecimento popular, ou cultura popular. Temos de entender que são duas coisas distintas.

O senso comum surge da planificação do conhecimento. É um saber superficial, em oposição ao saber profundo do conhecimento. O senso comum surge da aceitação de regras quando a maioria concorda com elas. Não há questionamentos, há consenso. E o consenso é a forma mais aceitável para a resolução de disputas na wikipedia. Aprendi no meu primeiro ano, numa das primeiras aulas de português, o poder que as palavras detêm. Uma única virgula fora do lugar pode mudar completamente o sentido da frase. Experimentem essa: Não matem esse homem e; Não, matem esse homem. Imaginem agora a mudança de várias palavras, frases e textos.

Várias verbetes modificadas por pessoas sem conhecimento acadêmico algum. Outro fator que pode fazer a wikipédia parecer ser feita de senso comum é o consenso. A prática não somente existe na wikipedia como é apoiada. Qual o problema com o consenso? Não deveria ser algo bom? Sim, é verdade, deveria. O problema é que o consenso pode desvirtualizar um determinado conhecimento. Determinado verbete, por exemplo, fala de um homem que vivia numa casa preta. Outro editor diz que a casa era, na verdade, branca. O Consenso disso? “A casa era cinza.”

O que é verdade na wikipedia?

A grande atração da wikipedia é sua livre edição. Mas tal livre edição pode gerar um problema: conteúdos falso, pejorativos e tendenciosos. Nesse sentido, podemos observar que a wikipedia se parece bastante com um canal de televisão, ou um jornal das 8, onde todo o seu conteúdo é dito como verdade, sem nenhum questionamento. Apenas pessoas com um grau de conhecimento maior podem saber que o conteúdo se trata, na verdade de um erro.

Mas, sejamos francos, a maioria das pessoas que visitam a wikipedia o fazem justamente porque não conhecem nada sobre o assunto e querem aprender algo. Além disso, nós temos os clássicos vandalismos virtuais, ou seja, pessoas que picham verbetes, com mensagens ofensivas ou informações falsas. Outro problema é que a wikipedia mantém apenas uma versão sobre cada verbete, quer criar uma coisa única,  mas baseada em vários pontos de vista e em várias versões. De certo modo, muitas edições finais podem ser um verdadeiro monstro de Frankenstein, literalmente, com várias partes de várias pessoas.

– Exemplo: Verbete sobre capitalismo no dia 23/fev

Contribuição Vs. Competição

Minha hipótese é a de que todas essas falhas que apresentei até agora se devem porque a wikipédia é um site baseado em contribuição, ou seja, no altruísmo, na inteligência coletiva. O problema é que o sitema econômico vigente se baseia na competição, no egoísmo, no individualismo, que vai de encontro com a web 2.0. Como pode existir, então, um site baseado na contribuição se, ao mesmo tempo, ele se baseia num sistema econômico de competição? Quem pagará os editores da wikipedia? Quem fornecerá os servidores para o site se manter?

Nunca poderemos saber quem editou as verbetes, quem as vandalizou, o anonimato na internet é um fenômeno capitalista, onde as pessoas procuram se esconder para evitar a punição, onde as máscaras são recolocadas assim que elas caem, não há, portanto, uma maneira de conter os vandalismos sem impor restrições: a própria democracia atual impede esse processo. Não posso me candidatar sem assumir compromisso de existência. O usuário fake surge como um vândalo, um ser desprovido de identidade, mas em troca ganha sua liberdade.

No contexto das contradições, podemos observar que a web não é exatamente colaborativa, a cultura de competição ainda prevalece, e quando não há leis nem regras, quando não há punição, como ocorre no mundo digital, o sistema capitalista é extremamente falho. Não há leis, não há mais nação. E ninguém sabe como lidar com isso.

O Netespectador: influências da comunicação de massas nas mídias interativas.

A web ainda possui grandes influências vindas das mídias tradicionais, a wikipédia, apesar de poder ser editada, raramente o é, em comparação com o número de visitas que ela receber. Se compararmos o nº de funcionários que trabalham em meios de comunicação tradicionais e dividirmos esse número pela quantidade de pessoas que consomem essas informações, teremos um número bastante semelhante, o que demonstra que a relação entre leitores/criadores ainda permanece a mesma da época das comunicações de massas.

Read Full Post »

Reuters

Terça-feira, 23 de fevereiro de 2010 – 11h03

LONDRES – Levar um fora digital é um fenômeno que está crescendo, segundo pesquisa, com números crescentes de pessoas preferindo o uso de email e redes sociais na internet para terminar relacionamentos com seus parceiros.

Mais de um terço das 2 mil pessoas que participaram da pesquisa (34%) disse que havia terminado o relacionamento por email, 13% havia mudado seu status no Facebook sem avisar os parceiros e 6% havia divulgado a notícia unilateralmente no Twitter.

Termine de ler aqui

Read Full Post »

Read Full Post »

Conhecimento

O conhecimento provém da pesquisa, da afirmação e negação, da dialética, do encontro dos fatos e reposição dos mesmos perante uma quantidade aceitável de questionamentos. O conhecimento não é uma exclamação, é uma interrogação.

Tiago Nogueira.

Read Full Post »

Foi perturbador. Mas só por alguns instantes, devo admitir. Mas depois foi engraçado pacas. Existe um ovo da páscoa (Ou Easter egg, como preferirem) oculto no wordpress. Calma, calma, não tem nada a ver com comida, apesar do nome.
O ovo de páscoa virtual é um processo oculto em sistemas, muitas vezes uma brincadeira dos programadores, que só pode ser acessado seguindo alguns passos “secretos”. Ok, agora não é mais segredo, ehehe. Tive pura sorte (e um pouco de estupidez) para descobrir. Um ovo de pascoa bem famoso é o do Word (versão 97, acho) em que aparece um joguinho no estilo “Doom”, que é uma resenha também. Tá, chega de bla bla bla, você que tem um blog em wordpress não precisa ficar só lendo aqui, pode praticar agora mesmo o seu ovo de páscoa. Para tanto, siga os seguintes passos:
1 – Crie um post e salve duas versões idênticas.
2 – Após salvar e publicar, vá em editar e desça a telá até o final, onde você pode “comparar” as versões do post. Selecione a versão idêntica.
3 – Agora é só selecionar a versão atual com a versão identica e clicar em comparar.
4 – The matrix has you….

Read Full Post »

Older Posts »