Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘poesias e poemas’ Category

Mentiras sinceras me interessam mais
Do que as suas verdades inventadas
O caos de criação acabou com minha paz
Mas, ainda me sobre tanto tempo

Teu beijo é meu espelho,
que se quebra em mil desejos
Jaz, em minha condição
de pecador, que você deixou, pra mim

Não me interessa o perdão alheio
Se você continuar achando que não foi sorteio
O que eu fiz só você pode contar
Se eu senti, olhe bem pro que falar

Salvação, com certeza é uma palavra dura
Se a intenção do salvador é de me regastar, satura
Eu que nunca fui de ir à igreja, nem aos domingos
Preservo a ira que um dia plantei, na ida ao limbo

Sempre indo
em direção
oposta à que
você quis me proteger

Sinceridade é uma insatisfação
de quem não ter o que esconder
Minhas máscaras são impenetráveis
Mas se cairem, logo vem outra à aparecer

Mentiras sinceras me interessam mais
Do que as suas verdades inventadas
O caos de criação que acabou com minha paz
Mas, ainda temos tanto tempo pra entender…

Anúncios

Read Full Post »

Leitor

Você
sim, você mesmo
que fica aí à esmo
e nunca me fala nada

Sim,
você que está lendo aqui, agora
que vê tudo, mas sempre fica de fora
não subiu nem vai descer a escada

E agora
que te perguntas se deves ou não opinar
se é interessante que te ouçam expressar
fica aí parado.

É a vida a te carregar.

Read Full Post »

Há algo de doce

e de irresistível

na palavra que trouxe

seu beijo sensível.

Read Full Post »

Voltei

Que saudades que bateu
que vontade de voltar
agora a brisa no ombro meu
antes a agonia, agora o olhar

Se me tens assim tão perto
o suficiente para me beijar
anda logo, anjo meu
repatria-me, vem me acalmar

O cheiro das rosas
o barulho das ondas
Os coqueiros balançam
mas não é como o da nossa orla

O azul escuro
escuro de poeira
atrás do claro
sem tanta sujeira

Praia, areia
sem dó, numa clareira
ainda assim, parte de mim
Se aconchega só, em meu jardim.

Read Full Post »

bah.

Read Full Post »

O Acolhedor

É delírio violento
é o arrebatamento do acolhedor
Tal definição da palavra
Ainda assim com furor

Entusiasmo e veemência
Ímpeto forte fora da consciência
Intenso, cresce, extasia
Bate forte, abate penicilina

Enérgico e com vigor
Passa horas, aguenta tudo
Acaba o limite da noite
Raia o Sol ameaçador

Agressor das próprias palavras
Agricultor que não colhe as safras
Advogado do diabo, de Deus e do Senhor
Mas não acredita em nenhum deles
“Nem pronuncie seus nomes, por favor”

Read Full Post »

Mãe

Minha mãe,
Me perdoe se algum dia
O incetivo de minha trilha
Venha a fracassar

Mamãe,
São tantas coisas nessa pequena vida
Tantas emoções, mas por dentro só há agonia
E mesmo assim o tempo vai passar

Houve um tempo
Em que o brilho de nossas alegrias
Misturado com o furor de nossas alegorias
me fizeram viajar

E se, por algum momento
Minhas paixões, loucuras
o furação de sentimentos
Tiver lhe ofuscado o brilho

Minha mãe,
perdoa-me
A terra que lhe jogo hoje
é a mesma que me cobrirá amanhã.

Read Full Post »

Older Posts »