Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘poesias’

Jovens Idosos

Queria um carinho,
Um aconchego,
Um travesseiro
daqueles de pluma de ganso.

Queria um colo
ou até mesmo um abraço,
que me empurrassem no balanço
pra relembrar meu passado

Dos meus beijos,
queria o primeiro.
Dos meus casos,
esconder os cacos.

A palma da minha mão
eu queria ter lido
Ah, milhares de livros
Nunca vi sequer a capa.

Os cabelos
queria loiro, azul e vermelho.
Queria também ser careca,
Depois tê-los longos, conforme meu desejo.

Queria…
Queria ter sido querido,
ter amado
e sido correspondido.

Queria ter esquecido a hora
ao invés do menino.
Não morrer com nossa senhora
nem ser refém do destino

queria meu caderno
e, sem saber o que é errado ou o que é certo,
ter escrito minha vida em prosa
e rasgado sorrisos dos que estavam em minha volta

Anúncios

Read Full Post »

Mentiras sinceras me interessam mais
Do que as suas verdades inventadas
O caos de criação acabou com minha paz
Mas, ainda me sobre tanto tempo

Teu beijo é meu espelho,
que se quebra em mil desejos
Jaz, em minha condição
de pecador, que você deixou, pra mim

Não me interessa o perdão alheio
Se você continuar achando que não foi sorteio
O que eu fiz só você pode contar
Se eu senti, olhe bem pro que falar

Salvação, com certeza é uma palavra dura
Se a intenção do salvador é de me regastar, satura
Eu que nunca fui de ir à igreja, nem aos domingos
Preservo a ira que um dia plantei, na ida ao limbo

Sempre indo
em direção
oposta à que
você quis me proteger

Sinceridade é uma insatisfação
de quem não ter o que esconder
Minhas máscaras são impenetráveis
Mas se cairem, logo vem outra à aparecer

Mentiras sinceras me interessam mais
Do que as suas verdades inventadas
O caos de criação que acabou com minha paz
Mas, ainda temos tanto tempo pra entender…

Read Full Post »

Leitor

Você
sim, você mesmo
que fica aí à esmo
e nunca me fala nada

Sim,
você que está lendo aqui, agora
que vê tudo, mas sempre fica de fora
não subiu nem vai descer a escada

E agora
que te perguntas se deves ou não opinar
se é interessante que te ouçam expressar
fica aí parado.

É a vida a te carregar.

Read Full Post »

Há algo de doce

e de irresistível

na palavra que trouxe

seu beijo sensível.

Read Full Post »

bah.

Read Full Post »

Céu

A criança olha
Para o céu azul.
Levanta a mãozinha,
Quer tocar o céu.

Não sente a criança
Que é ilusão:
Crê que não o alcança
Quando o tem na mão.

Manuel Bandeira

Read Full Post »

O Falso Amargurado

Sentiram minha falta:
Fiquei ressentido
Dessa amálgada de sentimentos
surgiram vários empecilhos

Um por um
foram pousando na cabeceira da minha cama
atormentaram-me
Senti só: dor, a brisa, à noite, levava-me embora.

Dormia.
Mas não obstante
tinha sonhos e pesadêlos.
Sentem minha falta, como quem perde um infante

Mas sentir falta não basta.
Sentem minha dor,
e, com pesar,
se derramam em prantos
assim como eu estou?

Vozes agoniadas,
litúrgicas.
Guardem para si suas cartas e amor e mentiras
Esperem! Eu já vou.

Read Full Post »

Older Posts »